Torá em Português

Old Hebrew Prayer Book

Parashat Bechukotai

Potencial Desencanto

Tradução de español: David Abreu

Parashat Bechukotai contém uma das passagens mais chocantes da Torá, conhecida em hebraico como Tochachá (Admoestação). Essa repreensão divina nada mais é do que uma série de possíveis maldições por desobediência à lei.

O aviso é severo. 'E se você não me ouvir e não cumprir todos estes mandamentos ... Eu farei seus céus como ferro, e sua terra como cobre ... E eu enviarei a besta selvagem contra você, e eles te deixarão sem filhos ... e enviarei a praga entre vocês, e vocês serão entregues nas mãos do inimigo ... e vocês comerão a carne de seus filhos, e a carne de suas filhas vocês comerão. ' As palavras são suficientes para definir esta terrível Admoestação. A Tochachá é tão difícil, que estamos acostumados a lê-la em público em voz baixa e em ritmo um pouco acelerado.

Por que essa passagem é tão difícil? D'us é realmente tão cruel quanto Ele é apresentado aqui?

Estou inclinado a entender a passagem da Admoestação não como uma ameaça, mas como um reflexo divino. Depois de gastar um livro inteiro fazendo leis, D'us entende que Seu povo pode ou não cumpri-las. Eu compararia D'us a um pai que passou anos criando seus filhos e, finalmente, entende que seus filhos podem desobedecê-lo e se desviar do caminho indicado. Aí o pai pensará, desencantado: ‘Se o meu filho não se tornar uma pessoa boa depois de tudo o que lhe dei e aconselhei, vou matá-lo !! Eu juro que o mato !! ' E não leve seus pensamentos ao pé da letra, porque sabemos que o seu amor pelo seu filho é incondicional e, portanto, você nunca poderá colocar essas ideias em prática.

Algo semelhante acontece com D'us; é o desencanto potencial que O leva a proferir esta Admoestação. D'us nos procurou como povo porque precisa de nós. Virar as costas para Ele é tão difícil para Ele, como é difícil para nós ler Tochachá. É o seu pior pesadelo.

D'us educou seu povo para uma vida santa e entende que a obediência do povo não é garantida. Mas ao mesmo tempo Ele sabe que Seu amor por Seus filhos é incondicional e, portanto, a Admoestação será apenas a expressão de Seu desapontamento potencial. É a raiva que só pode ser expressa por aqueles que amam seriamente, assim como D'us ama Seu povo.