Torá em Português

Parashat Pekudei

O Dia do Casamento

Tradução de español: David Abreu

Normalmente não damos muita importância a Parashat Pekudei.

Geralmente é lido junto com Parashat VaIakhel, e finalmente ... quantas vezes já lemos os mesmos detalhes sobre o Tabernáculo e seus utensílios? O próprio RaSHI, o maior entre os exegetas bíblicos, tem "silêncios" ao longo dessa Parashá.

De qualquer forma, e em certo aspecto, pode-se dizer que Pekudei é a porção mais relevante de toda a Torá.

“E ele concluiu todo o trabalho do Tabernáculo, a Tenda da Reunião” (Shemot 39, 32), a Parashá nos diz.

O Baal HaTurim diz: Pode-se dizer que aqui termina a obra (de criação) do mundo. Por que aqui? Por causa de "E o céu e a terra e todas as suas hostes foram concluídas" (Bereshit 2,1). Baal Haturim segue a linha de ChaZaL (nossos sábios de abençoada memória) que já nos ensinou que o Tabernáculo é a morada simbólica de D'us equivalente à grande morada -o universo- criado por Ele (Tanchuma Pekudei).

O Baal HaTurim aqui ensina que o círculo está finalmente fechado. D'us construiu uma casa para nós, e nós para Ele. Tudo o que lemos na Torá até agora, histórias comoventes, traições entre irmãos, milagres e presságios, foram apenas uma introdução para chegar ao momento em que "a nuvem cobriu a tenda de Reunião, e a glória de D'us encheu o Tabernáculo "(Shemot 40, 34). Tudo tinha uma lógica: alcançar o estado em que Israel pode convidar a presença de D'us para habitar entre eles.

Um poderoso midrash ensina que assim como o judeu coloca Tefilin, D'us faz o mesmo.

Porém, há uma grande diferença que reside no que está escrito dentro de uma e da outra caixas do Tefilin. No nosso escrevemos "Ouve Israel, o Eterno é nosso D'us, o Eterno é Único", enquanto D'us escreveu "E quem é como Seu povo Israel, uma nação única na terra".

D'us disse: "Você me consagrou dizendo" Ouve, Israel ", eu os consagrarei dizendo" E quem é como o Seu povo Israel "(Brachot 6a).

Não é por acaso o que acontece aqui com o Tefilin. Assim como um homem carrega na carteira (ou no celular) as fotos de sua amada, e esta, por sua vez, fará com as fotos de seu amado, o mesmo ocorre com o Tefilin. Tanto Israel quanto D'us carregam na pele aqueles versos que expressam a unicidade do amado.

Não é por acaso que as voltas da tira de couro do Tefilin são sete, assim como as voltas que a noiva costuma dar em volta do noivo sob a Hupá (estrutura para casamento). Não é por acaso que essas voltas são coroadas em torno dos dedos, numa clara lembrança da aliança de casamento. Por este motivo, também é pronunciado no final da colocação: "E me casarei com você para sempre, e me casarei com você com retidão e justiça com misericórdia e compaixão. Eu me casarei com você com a Minha verdade e então você terá conhecimento de D'us "(Oséias 2, 21-22).

Isso é o que acontece aqui com a nuvem pairando sobre o Tabernáculo. A noiva e o noivo estão prontos para abrir um novo capítulo em suas vidas, como RaSHI diz em seu comentário sobre a Torá: No dia em que o Tabernáculo foi erguido, Israel era como uma noiva entrando na Hupá (RaSHI para BeMidvar 7, 1)

Parashat Pekudei é o dia do casamento.