Torá em Português

Old Hebrew Prayer Book

Parashat Chukat

Impaciência contagiosa

Tradução de español: David Abreu

Parashat Chukat contém em suas falas o episódio de Moshe e a rocha que acabou marcando o destino do Profeta.

O povo de Israel estava vagando no deserto por quarenta anos e estava com sede e zangado. A impaciência das pessoas acabou irritando Moshe. E D'us disse a Moshe: "Pegue a vara e reúna a comunidade, você e Aharon, seu irmão, e você falará com a rocha diante dos olhos deles e ela dará água."

Moshe pegou a vara em suas mãos e com a mesma impaciência que as pessoas tinham, ele bateu na rocha duas vezes antes de ver a água fluindo dela. Moshe podia apenas falar com ela; no entanto, ele bateu nela - não uma vez - mas duas vezes. Esse erro foi fatal; O decreto de Moshe já estava selado ...

O que aconteceu a Moisés em pequena escala acontece conosco com frequência. Vamos pensar em quando comprarmos um novo eletrodoméstico. Depois de tanto economizar, moeda após moeda, finalmente o temos. Estamos morrendo de vontade de desembrulhá-lo. Mas, ao abri-lo, encontramos um livreto forrado de náilon e uma etiqueta que diz: LEIA AQUI ANTES DE USAR. O homem paciente certamente o fará. O impaciente porá o livreto de lado, arquivará em uma gaveta e, em pouco menos de dois minutos, possivelmente terá seu novo eletrodoméstico inutilizável.

A impaciência de Moshe causou algo mais sério do que a quebra de um simples smartphone. A rocha, o cajado e a água mudaram radicalmente sua vida e a vida de Israel. Existem erros e acertos em nossas vidas que também acabam arquivados na gaveta. Mas há outros dos quais não há volta e acabam nos marcando para sempre.

Este é possivelmente o episódio mais comovente da Torá. D'us comunica a Moshe Sua decisão de não permitir que ele entre na Terra, assim como Moshe sonhou. Moshe irá orar e implorar, mas ele não entrará. D'us entende que Moshe já era um deles. A impaciência do povo e a impaciência de Moshe já eram a mesma coisa.

Não há remédio pior para um povo desesperado do que um líder impaciente.

Iesohúa, aquele que podia enfrentar os dez espias que blasfemaram contra a Terra e não foi condicionado pelo que os demais disseram, seria o sucessor.